Web Summit: Lisboa tem de ter pedalada para acompanhar ambição de Paddy

0
209

Acordo prevê realização por mais dois anos em Lisboa, mas sucesso da primeira edição pode render prolongamento até 2020. Para o ano haverá mais mulheres e mais pavilhões

“Paddy Cosgrave é um empreendedor por natureza. Por muito grande que isto seja, para ele nunca será suficiente. Resta saber se temos pedalada para o acompanhar.” A frase é de Miguel Fontes, diretor da Startup Lisboa e sintetiza o que poderá ser o futuro da grande cimeira de tecnologia e empreendedorismo. Se Portugal assim o quiser, e conseguir acompanhar, tem todas as condições para que esta primeira Web Summit se prolongue por mais dois anos.

Se este primeiro teste corresse bem, a expectativa era que a cimeira ficasse em Lisboa até 2020, mas nem Paddy nem o governo português arriscam avançar um prolongamento. Para já estão certas as edições de 2017 e 2018 e nem Paddy revela se haverá mais. Uma coisa o CEO da Web Summit garante: esta edição “foi absolutamente fantástica. Tivemos um desempenho absolutamente incrível em Lisboa”, afirmou o empreendedor em jeito de balanço.

fonte: dn.pt

Booking.com

Deixe uma resposta