Uber quer usar carro voador nas cidades no futuro próximo

Com o seu serviço normal a erodir e a ser mesmo considerada ilegal em várias países, a Uber procura agora construir novas fontes de negócio. Para isso, a empresa americana propõe-se aproveitar um espaço que ainda está a ser utilizado no tráfego urbano: o ar. A Uber quer ser a primeira a oferecer um carro voador funcional, servindo clientes do mesmo modo que o seu serviço atual para automóveis.

0
206

A Uber não é a primeira empresa decidida a entrar neste mercado, juntando-se à Airbus ou à Jetpack Technologies, que têm projetos semelhantes para construir um carro voador. Este mercado não deverá demorar muitos anos a tornar-se realidade, à medida que a tecnologia VTOL pode ser aplicada em veículos compactos e combinada com a inteligência artificial dos automóveis autónomos. Estes veículos serão capazes de circular no espaço aéreo urbano e aterrar nas ruas sem necessitar de muito espaço.

O serviço da Uber deverá chamar-se Uber Elevate. Para reduzir o custo de utilização de um veículo aéreo e tornar o serviço acessível a um grande número de pessoas, o Uber Elevate baseia-se no Uber Pool, pelo que um veículo de quatro lugares deverá ter sempre quatro passageiros dirigindo-se de um local central para um destino comum. O Elevate deverá entrar em funcionamento nos próximos 10 anos, com 1200 veículos. A Uber tem a vantagem de, ao criar um novo tipo de serviço, servir como base para a sua regulamentação, evitando chocar com a legislação existente para táxis, o seu maior obstáculo atual.

Booking.com

Deixe uma resposta