Turistas poderão sobrevoar a Lua dentro de seis anos

A afirmação é da empresa espacial russa Energia, que pretende também reatar os voos turísticos para a Estação Espacial Internacional.

0
302

De acordo com o CEO da empresa espacial Energia Vladimir Solntsev, a empresa poderá vender nove lugares na nave Soyuz a turistas que pretendam visitar a International Space Station (ISS). O plano de voo envolve voar em órbita da Lua, mas não aterrar na sua superfície. Sendo que o voo até à ISS está previsto para 2021 e os voos regulares em órbita da Lua deverão ocorrer “entre cinco e seis anos”

Em declarações à agência de noticias RIA Novosti, Vladimir Solntsev indicou que estão neste momento a ser discutidos os termos do contrato com potenciais candidatos. Serão necessários ainda alguns ajustes à nave Soyuz em termos de sistemas de comunicação e comando para que as viagens turísticas sejam possível.

O CEO da empresa Energia afirmou ainda que os possíveis candidatos a esta viagem não são russos nem figuras públicas.

Booking.com

Deixe uma resposta