Rio Gastronomia leva o melhor dos botecos cariocas ao público

0
470

O Rio Gastronomia levará o melhor da culinária ao público carioca entre os dias 04 e 13 de novembro, e disso todos já sabem. A novidade é que o público também poderá conferir alguns dos melhores botecos da cidade e aproveitar o clima descontraído típico dos cariocas.

Alguns dos bares carinhosamente chamados “pé sujo”, que dividiram o Prêmio Comida di Buteco deste ano, estarão por lá. Eles são responsáveis por levar a informalidade e a originalidade dos famosos botecos cariocas, reconhecidos em todo o Brasil, para o evento. Os vencedores da premiação já confirmaram presença.

O Bar do David, do Chapéu Mangueira, no Leme, participa do concurso desde 2011, mas só esse ano conquistou a vitória. O prêmio veio com a salada “Ressurgência”, de camarões com feijão branco. A segunda posição ficou com Colarinho Branco, de Nova Iguaçu, na Baixada Fluminense, em sua estreia na competição, o bar competiu com o prato “Delação Premiada”, feito de tiras de carne de porco envolvidas com provolone e bacon empanado no parmesão acompanhado de três molhos: nirá com pimentões, agridoce com pimentas e barbecue.

O Art Chopp, em Jacarepaguá, foi o campeão do ano passado (empatado com o Santo Remédio) e este ano garantiu o terceiro lugar com o “Tipo Rei Bolinho à Mineira”, massa feita com queijos mussarela e minas temperada por 24h no chopp, recheada com torresmo, linguiça mineira e couve. Para acompanhar, porção de torresmo e linguiça mineira, além da cachaça com mel e canela, que também já se tornou um sucesso! O quarto lugar ficou com o Bar do Momo, na Tijuca, conhecido por suas iguarias inesquecíveis, como o clássico bolinho de arroz recheado com linguiça e uma mistura secreta de queijos!

O quinto lugar foi ocupado pelo Boteco do Teixeira, em Duque de Caxias, na Baixada Fluminense, e a “Punhetinha do Teixeira”, tira-gosto feito com lascas de bacalhau banhadas no azeite extra virgem e cebolas, com alhos torrados e salsinha salpicados por cima, e servido com torradas especiais. Além deles, participam também o Jeitão da Baiana e o boteco Carioquinha. Em cada dia, um deles ocupará o Quiosque Pé-sujo.

Para quem não abre mão do conforto, dois bares levam a descontração sofisticada do “pé-limpo” para o evento e se revezam durante as duas semanas do Rio Gastronomia. Na primeira semana, é o Bar Astor quem marca presença com as suas famosas receitas boêmias de dar água na boca, como o Picadinho, o Steak Tartar e as Alheiras com ovos e fritas. Na semana seguinte, quem assume o comando é o tradicional Bar Lagoa, que mistura o tempero brasileiro à culinária alemã desde a inauguração, em 1934. Algumas das especialidades da casa estão no cardápio há mais de 7 décadas, como o rosbife com salada de batata, o salsichão (branco ou vermelho) com salada de batata, o filé à Rossini e o kassler com salada de batata.

Além dos botecos, estarão por lá os melhores restaurantes e food trucks da cidade, e representantes da baixa gastronomia que são sucesso entre os cariocas.

fonte: oglobo

Booking.com

Deixe uma resposta