Referendo já levou mais de 20 empresas a abandonar a Catalunha

O referendo de independência da Catalunha já levou mais de 20 empresas a transferirem a sua sede para fora da região.

0
143

O referendo de independência da Catalunha já levou mais de 20 empresas a transferirem a sua sede para fora da região, noticia esta segunda-feira o jornal espanhol Expansión.

O grupo de infraestruturas Albertis e a Imobiliária Colonial decidiram esta segunda-feira transferir as suas sedes de Catalunha para Madrid e de São Miguel para Málaga, respetivamente, juntando-se ao grupo de instituições do Ibex 35 que já abandonaram a região.

A publicação refere ainda que a saída de empresas está a aumentar, devido ao clima de instabilidade provocado pela eventualidade do Governo decretar uma Declaração Unilateral de Independência (DUI) e acrescenta que a maioria das empresas justifica esta decisão com a necessidade de proteger os interesses dos acionistas, clientes e funcionários.

Na sexta-feira passada, a Gas Natural Fenosa anunciou a transferência da sua sede para Madrid, juntando-se ao banco Sabadell e ao CaixaBank, no mesmo dia em que o Governo espanhol aprovou um decreto-lei que possibilita que as empresas iniciem o processo sem a aprovação da assembleia de acionistas.

No dia 2 de outubro, o governo regional da Catalunha (Generalitat) anunciou que 90% dos catalães votaram a favor da independência no referendo, tendo exercido o direito de voto 42% dos 5,3 milhões de eleitores.

Booking.com

Deixe uma resposta