Passageiros afetados por cancelamentos da TAP podem receber até 600 euros

Apesar de a companhia aérea não ter prestado qualquer justificação, os passageiros afetados podem receber até 600 euros. A AirHelp tem disponível uma aplicação que permite saber se determinado voo está ou não elegível para receber uma compensação.

0
186

A AirHelp, uma empresa especializada na defesa dos direitos dos passageiros aéreos, avança que os cancelamentos de voos anunciados pela TAP podem dar direito a compensações até ao valor de 600 euros por pessoa e por voo. A companhia aérea já fez saber que vai pagar indemnizações, mas não referiu valores.

“Caso a companhia aérea não tenha informado os passageiros sobre o cancelamento com 14 dias de antecedência, estes podem evitar elegíveis para receber uma compensação”, refere a AirHelp num comunicado  a que o Notícias ao Minuto teve acesso.

No entanto, salienta a empresa, a TAP ainda não prestou qualquer esclarecimento ou justificação para o cancelamento. Por este motivo, a AirHelp salienta que o caso de ‘situações extraordinárias’, como greves sem aviso prévio, tempestades ou emergências médicas, a “companhia aérea está isenta da obrigação de compensar os passageiros”.

E há outro ‘mas’. É que a TAP ainda pode evitar ter de pagar compensações caso forneça a alteração da rota de um “voo alternativo a partir não mais de uma hora antes e a chegar menos de quatro horas após o voo original”, segundo o mesmo comunicado.

Para saber se um voo está ou não elegível para receber uma compensação por parte da companhia aérea, os passageiros podem aceder à app da AirHelp, que é gratuita, e permite saber essa informação mediante um ‘scan’ ao cartão de embarque.

Booking.com

Deixe uma resposta