Pagamentos móveis dispararam na Europa

O número de europeus que utiliza regularmente um equipamento móvel para realizar pagamentos, triplicou desde o ano passado. Faixa etária dos 55 até aos 64 anos foi a que registou uma taxa de crescimento mais rápida.

0
258

De acordo com um estudo realizado pela Visa na Europa, o número de consumidores que utiliza regularmente um dispositivo móvel para realizar pagamentos, triplicou desde o ano passado.

No âmbito do Digital Payments 2016, foram inquiridos cerca de 36 mil consumidores provenientes de 19 países diferentes e 54% deles disse recorrer a smartphones, tablets ou wearables para efetuar compras e transferências. Em 2015, apenas 18% dos inquiridos responderam positivamente.

Os dados revelam um crescimento exponencial no espaço de 12 meses e uma consequente abertura às novas tecnologias financeiras. Há um ano, por exemplo, 38% do universo envolvido no estudo afirmou nunca ter usado um dispositivo móvel para fazer pagamentos, não tendo, inclusivamente, planos de o fazer. Nesta edição do estudo, esse mesmo número desceu para 12%.

Outro dos índices a registar uma subida diz respeito à atividade de mobile banking. Neste sentido, a Visa concluiu que, pela primeira vez, mais de metade dos entrevistados europeus de todas as faixas etárias utilizam este tipo de serviços. E embora os millennials continuem a ser a categoria que mais os utiliza, a maior taxa de crescimento (33%) corresponde à faixa etária dos 55-64.

Segundo escreve a Visa em comunicado, “este aumento da interação com os pagamentos digitais coincide com uma maior adoção da tecnologia Contactless”.

“A aceitação de cartões Contactless produziu um impacto significativo sobre a normalização dos pagamentos digitais nas mentes dos consumidores, independentemente da idade. A quase omnipresença do uso do cartão Contactless tem vindo a promover gradualmente o envolvimento de todos com novos métodos de pagamento, incluindo o mobile banking”, diz Sérgio Botelho, diretor geral da Visa para Portugal que sublinha ainda a importância do lançamento europeu das plataformas Apple Pay, Samsung Pay e Android Pay.

O responsável considera ainda que todos “estes dados constituem a confirmação de que o futuro dos pagamentos digitais chegou”.

Fonte: sapo.pt

Booking.com

Deixe uma resposta