Os Mantras deixam as crianças mais calmas e tranquilas?

0
283

No domingo passado organizei o Satsang da Amma, foi um momento maravilhoso de muita harmonia, paz e leveza; tinha uma grande energia e durante os bhajans (cantos devocionais, em sânscrito) senti que todas as células do meu corpo estavam vibrando. O céu estava maravilhoso e todos os participantes estavam irradiando luz! Havia muitas crianças, claro minha filha estava lá, ela gosta de participar, sempre acostumei-a, desde a barriga, a participar de meditações e Satsangs. Mas a coisa mais linda que aconteceu foi o relatório das mães que vieram juntas com seus filhos: me relataram que se surpreenderam de quanto as crianças  ficaram muito tranquilas e calmas durante o evento e também no restante do dia! O domingo flui feliz, sem brigas ou gritos.

Os Mantras deixam as crianças mais calmas e tranquilas?

Vamos ver o que é um Mantra: uma vibração mística dentro de uma estrutura sonora. Cada Mantra contém em sua vibração um poder. Com a concentração e a repetição a sua energia se desperta. Repetindo um Mantra nos permite a conexão entre nós e o Universo. O Universo é vibração, assim vibramos no mesmo ritmo. As crianças ,quando presentes, absorvem aquela mesma energia mística, por isto ficam mais calmas, quietas e em paz. Minha filha, Jada, muitas vezes dorme durante os cantos ou a meditação silenciosa! É um relaxamento profundo, terapêutico que reconecta as crianças com o lugar de onde elas vieram.

Desde que a Jada nasceu cantei Mantras, durante toda a gestação, treinei um canto devocional muito lindo para acolhê- la durante os seus primeiros instantes de vida. Na sala de parto, quando nasceu e a colocaram na minha barriga, chorava desesperada, chorava tanto que me assustei! Não sabia o que fazer! Queria já oferecer o peito mas o cordão umbilical estava curto e não podia puxá- lo, ela chorava muito, assim me lembrei do Mantra e comecei a cantá- lo: como em uma mágica ela parou de chorar, virou o seu lindo e perfeito rosto e abriu os olhos. Olhava para mim e nos unimos em um canto e um olhar de amor infinito. Foi o momento mais emocionante da minha vida…

Desde aquela vez eu canto sempre o mesmo Mantra para ela, para dormir, para acalmá- la, para dar força ou coragem quando precisar,  é a sua/nossa música que a companha durante as etapas importantes da sua vida.

Outra reflexão importante tem a ver com a importância do mundo adulto como modelo de imitação e a busca que podemos ter no caminho da auto – educação.  Vamos refletir sobre as seguintes perguntas: Que modelo de adulto estou oferecendo para meu filho? Qual a minha postura? Olhar? Minha fala? Tom da voz?

Participando de grupos de meditação naturalmente seu filho absorverá o ensinamento com uma postura correta (ou seja, com a colona ereta), um olhar com brilho, um tom da voz baixo, um respiração calma e palavra gentis. Por que tudo isto  que nos proporciona o caminho espiritual: se auto educar, se autoconhecer, se auto melhorar. Mergulhar no espaço sagrado onde o silencio interior permite a conexão com o seu verdadeiro eu, deixando do lado seu Ego, seus pensamentos fúteis, os whatsapps e as curtidas do Facebook. Seu filho com certeza percebe este movimento interior e vai receber suas ondas de paz e de amor. E você, já meditou com seu filho? Conta a sua experiência e compartilhe com quem pode ter interesse!

Om shanti

Booking.com

Deixe uma resposta