Nova crise destrutiva pode arrasar economia mundial

Há cerca de 10 anos teve lugar uma das maiores crises financeiras mundiais. Estaríamos protegidos de situação similar nos dias de hoje?

0
177

Josse Roussel, professor da Paris School of Business (França), falou com a Sputnik sobre as perspectivas da economia mundial e a possibilidade do inicio da uma nova crise econômica global.

Notas de dólares norte-americanos
© SPUTNIK/ NATALIA SELIVERSTOVA

Segundo o especialista, dez anos depois da grande crise financeira de 2008, hoje podemos observar novamente todos os sintomas de uma nova crise econômica.

Entretanto, hoje em dia, o tamanho da dívida é ainda maior do que há 10 anos. De acordo com o professor, “o setor financeiro não aprendeu as suas lições” com a crise de 2008.

“O motor do mundo financeiro é a dívida, que ao mesmo tempo é o principal fator causador das crises financeiras”, explicou Roussel.

Philippe Béchade, analista financeiro francês, crê que o mundo se encontra em uma situação similar à dos meses anteriores à crise de 2008, mas agora o cenário é pior porque há mais dinheiro em circulação.

O especialista nomeou também as principais fontes de risco no cenário financeiro global.

“Atualmente, há várias grandes bolhas especulativas: o mercado de derivados financeiros, o mercado de obrigações, os empréstimos para automóveis e a dívida chinesa”, disse Béchade.

O analista sublinhou que os bancos mundiais não aprenderam nada com a crise de 2008 e continuam promovendo empréstimos.

Booking.com

Deixe uma resposta