Mercado imobiliário brasileiro tem recuperação lenta

Indicador da CBIC sinaliza crescimento menor que o esperado em 2017

0
119

Omercado imobiliário brasileiro mantém sinais suaves de reação, mas pode não registrar o crescimento previsto para 2017. Relatório trimestral do estudo Indicadores Imobiliários Nacionais realizado pela Câmara Brasileira da Indústria da Construção (CBIC) indica retração na venda e lançamento de imóveis no terceiro trimestre, de 5,1% e 11,0% respectivamente. Considerando o acumulado do ano, os indicadores também apontam queda no mercado.

“Os dados corroboram os alertas que temos feito, da necessidade de medidas que destravem o investimento e o financiamento”, avalia José Carlos Martins, presidente da CBIC. “A recuperação do setor tem sido lenta e em volume menor que o esperado. Alguns mercados, como os das cidades de São Paulo e Maceió e da RM de Curitiba apresentam resultado positivo, mas não o conjunto do país”, diz o economista Celso Petrucci, presidente da Comissão da Indústria Imobiliária (CII) da CBIC, responsável pelo estudo.

O estudo Indicadores Imobiliários Nacionais é uma iniciativa da CBIC, em correalização com o SENAI Nacional, com periodicidade trimestral e mapeou a atividade do setor em 22 localidades, oferecendo um panorama nacional do mercado imobiliário. As amostras da pesquisa sao colhidas e avaliadas com a mesma metodologia, o que confere consistência aos dados. Os resultados do terceiro trimestre serão apresentados pela CBIC à imprensa na próxima segunda-feira, 27/11, na Sala Paulista III do Hotel Meliá Paulista, na cidade de São Paulo.

Booking.com

Deixe uma resposta