Mama, Yoga e Guru

0
146

Domingo organizei um evento de meditação, em sânscrito, SATSANG, Sat, verdade e sang, companhia. É um momento de encontro com o Guru onde um conjunto de práticas espirituais auxilia a viver uma vida mais harmoniosa e pacífica. A minha Guru é a Amma, que é considerada uma SATGURU, uma guru verdadeira. Ela é viva e mora na Índia e é reconhecida como líder humanitária. Famosa por as suas turnês internacionais onde fica sentada horas abraçando as pessoas, por isso conhecida também como a “Santa que abraça”.  O Satsang é um momento de conexão com o Guru, mesmo se ela não esteja fisicamente presente, nos conectamos com a sua energia de Amor. Ela é a Mãe Divina, no seu abraço você encontra um amor profundo e uma compaixão sem fim.  Dois anos atrás, exatamente no dia 31 dezembro do 2014, cheguei no seu ashram, em Kerela, faltavam 10 para meia noite quando estava flutuando no seu abraço, inebriada pelo seu perfume intenso de rosas e chorando lagrimas de felicidade. Foi pra Ela que abri o meu coração ou foi Ela que abriu o meu e me abençoou com o melhor e maior presente da minha vida: minha filha, Jada. A maternidade foi tão intensa, profunda, apaixonante e desafiadora que decidi abrir um blog para compartilhar minha experiência que talvez pode ser útil para outras mulheres que estão trilhando o mesmo caminho. Assim nasce o mamayoga.guru. Mama é anagrama de Amma, Yoga significa união e o blog é uma homenagem e um agradecimento à Ela, que me ajudou a buscar dentro de mim, a coragem de ser uma pequena Kali amorosa e guerreira, que trabalha dia e noite para seu filhote, com infinito amor, paciência e um lindo sorriso nos lábios.

Tudo na minha vida foi um a preparação para receber Jada, no meu ventre e para transmitir a ela tudo que eu aprendi, para que seja muito amada, feliz e que possa expandir toda a sua luz na terra. Posso dizer que amo o Yoga e ser mãe! Esta prática milenar me preparou a encarar a complexidade da maternidade, de forma leve, espiritualizada, harmoniosa e feliz, me ajudando a viver a gravidez e a maternidade, longe da família e da minha terra de origem, numa forma harmônica e maravilhosa, apesar das dificuldades, dúvidas e momentos de crises que cada mulher encontra nesse caminho único. Minha formação no yoga e na pedagogia, junto ao meu interesse pelos assuntos sobre a primeira infância, me conduziram a estudar, pesquisar e praticar, cada dia mais, para conquistar o minha maneira de ser uma mãe feliz.

Descobri estudos, pesquisas e práticas super interessantes e pouco divulgadas que ajudaram muito; que quero compartilhar com vocês! Esta pesquisa independente me ajudou a entender mais os bebês e a importância de uma infância feliz, serena e harmoniosa para a criação de seres humanos conscientes que possam mudar o destino da humanidade. Porque cada mulher que torna se mãe tem esta tarefa superimportante: plasmar o futuro do mundo com o seu Amor! Infelizmente as mulheres hoje estão sendo pressionadas pela sociedade que quer uma mulher livre, bonita, independente, trabalhadora e, claro, mãe!

Onde não há muito espaço para a amamentação, para o colo, pelo tempo de encontro e de conhecimento mãe-bebê que não pode ser reduzido aos 4 meses de licença maternidade. Nesta sociedade definida “liquida” o tempo é fragmentado, rápido, desconcertado, mas os bebês nos ensinam o contrario: a importância do tempo lento, do momento presente, da conexão olho no olho, da presença. Este blog é dedicado a todas as mulheres que querem aproveitar deste momento único e mágico, de dar a vida e criar um novo ser humano. Ser presente e consciente, fazendo cada dia escolhas que estejam em sintonia e ressonância com o seu coração de mãe; escolhas, muitas vezes, contrárias aos padrões da sociedade, mas que dão respeito e dignidade ao nosso bebê e a nossa intuição feminina. Se só um dos meus posts ajudar uma só mãe ou dar inspiração para uma outra mulher, serei muito feliz e este meu blog terá sentido.

O blog não é exclusivo para as mães, vale para qualquer pessoa que busca o autoconhecimento e gosta de criança! Assim como não é exclusivo para os praticantes de yoga: todos podem praticar as técnicas, também os principiantes! O yoga é só a busca da harmonia, da união corpo-mente! Yoga inclui não exclui! Por isso todos vocês são bem vindos!

Namaste e boa leitura a todos!!

Booking.com

Deixe uma resposta