Louvre perde 2 milhões de visitantes devido ao terrorismo

Em 2016, o número de visitantes do Museu do Louvre diminuiu cerca de 15% face a 2015, uma redução que corresponde a 9,7 milhões de euros.

0
350
2016 foi um ano difícil para a maioria das atrações turísticas parisienses AFP/Getty Images

O Museu do Louvre perdeu cerca de dois milhões de visitantes em 2016 — um ano particularmente complicado para a maioria das atrações turísticas de Paris –, uma redução que corresponde a quase dez milhões de euros.

De acordo com Jean-Luc Martinez, responsável pelo museu parisiense, 2016 foi um “ano difícil” para a maioria das atrações turísticas da capital francesa. O terrorismo, a crise e as cheias, que obrigaram a evacuar as obras em reserva de um dos mais famosos museus de Paris, levaram a que o número de visitantes caísse 15% face a 2015. Uma perda que corresponde a “9,7 milhões de euros, sem contar com a diminuição das receitas nas livrarias e restaurantes”, segundo Martinez. Em Paris, o número de turistas também foi inferior — menos 6% –, segundo dados do Observatório de Turismo.

Mas esta não é a primeira vez que as vendas do Louvre são afetadas por um ato terrorista. “Tivemos uma queda semelhante em 2011, depois dos ataques do 11 de Setembro. Depois disso, precisamos de três anos para recuperar os números anteriores”, explicou o responsável em entrevista ao Le Figaro.

Apesar do panorama, o responsável parece estar otimista, mostrando-se esperançoso que as vendas aumentem em 2017. Segundo o diretor do Museu do Louvre, já estão a ser tomadas todas as medidas necessárias. “A situação é preocupante, mas estou calmo em relação a isso”, considerou.

Jean-Luc Martinez defende que tornar França e Paris novamente atrativa para os turistas representa um “enorme desafio”, mas que o Louvre tem tomado medida de seguranças redobradas para que os visitantes se sintam mais seguros.

Booking.com

Deixe uma resposta