Grupo denuncia suposto golpe de agência de turismo em Maceió

Vítimas alegam que pagaram por pacote de viagem para Buenos Aires, mas empresa informou que viagem foi suspensa

0
139

Um grupo de 70 pessoas procurou, nesta terça-feira (12), Divisão Especial de Investigação e Captura (Deic) para denunciar que foi vítima de um suposto golpe aplicado por uma agência de turismo. Eles teriam adquirido um pacote de viagem para Buenos Aires, na Argentina, mas receberam uma mensagem da agência informando que a viagem teria sido cancelada.

Uma das vítimas, o jornalista Sílvio Teles, disse que procurou a empresa após a recomendação de um amigo. Com o preço convidativo, ele fechou o pacote para a viagem, marcada para esta quarta-feira (13). “A agência vinha prestando as informações, mas começamos a achar estranho quando não recebemos os comprovantes de reservas e nem os vouchers. Há três dias, começamos a pressionar e recebemos respostas desencontradas”.

O jornalista conta que, na manhã desta terça, a empresa emitiu uma nota informando sobre o cancelamento da viagem. “A empresa disse que não tinha nada pronto, não deu uma resposta convincente. São idosos, crianças, pessoas que chegaram a fazer empréstimos para realizar o sonho da viagem”.

O pacote seria para 6 dias em Buenos Aires, no valor de R$2.500 por pessoa. A professora Rosângela Oliveira, contou que a viagem era a comemoração dos 15 anos da filha. “Ela fez aniversário em julho e pediu uma viagem. O dono da agência, Paulo César, era conhecido da família e ela ia comemorar o aniversário lá. Foi muito difícil dar essa notícia pra ela, que já chorou muito. Isso foi um roubo, mas o dinheiro não é tanto. A questão maior é o sonho de 15 anos que foi frustrado, porque agora para fazer outra viagem vai demorar um pouquinho”, relata. Todas as vítimas têm recibos que comprovam o pagamento do pacote.

Vítimas estão com recibos que comprovam o valor pago pelo pacote

FOTO: ANA CLARA MENDES

Em nota, a agência Voyager Turismo informou que a viagem foi remarcada para os períodos de 18 a 23 de novembro de 2017 e de 08 a 13 de dezembro de 2017.

Confira a nota na íntegra:

Maceió – AL, 12 de setembro de 2017.

NOTA DE ESCLARECIMENTO

Prezado Cliente,

A recente crise política, que com seus reflexos assola todo a economia brasileira, aliada à problemas operacionais, vieram a dificultar o cumprimento de alguns contratos celebrados, o que impossibilitará a realização da viagem para Buenos Aires que ocorreria no período de 13 a 18 de setembro de 2017.

Salienta-se contudo que a Voyager Turismo ostenta de “nome limpo” e crédito disponível no mercado, não se tratando, portanto, de hipótese de estado de insolvência (falência), sendo indubitavelmente possível sanar tais inquietações de forma serena, justa e conveniente para todas as partes envolvidas.

Desta feita, a Voyager Turismo, por meio do empresário Ernandes Calheiros Júnior, toma a iniciativa, nesta ocasião, de emitir a presente nota, que visa esclarecer e informar, que a referida viagem está cancelada e será remanejada para os seguintes períodos: 18 a 23 de novembro de 2017 e 08 a 13 de dezembro de 2017.

De igual modo, aqueles que não quiserem ou não puderem embarcar nas datas disponibilizadas, atenderemos cada um de forma individual para resolução do contrato, inclusive, apresentando de imediato planos para a forma de restituição dos valores pagos, nos contratos não passíveis de cumprimento.

A empresa lamenta o cancelamento da viagem programada, e ratifica mais uma vez o seu compromisso com o cliente, garantindo que todos os contratos que porventura sejam cancelados terão a restituição integral dos valores conforme preceitua a legislação vigente.

Booking.com

Deixe uma resposta