Gol: voos para EUA deverão priorizar hubs fora de Rio-SP

    0
    15

    MENDOZA (ARGENTINA) – Próxima de anunciar quais as cidades brasileiras de onde sairão os voos para Orlando e Miami, com início em 2018, a Gol dá mostras de que irá priorizar mercados secundários com a oferta internacional.

    Durante a reunião de fim de ano da Associação Brasileira de Viagens Corporativas (Abracorp), realizada hoje em Mendoza, Argentina, o vice-presidente de Vendas e Marketing da Gol, Eduardo Bernardes, reforçou aos agentes o interesse de fortalecer as parcerias com a Delta e Air France-KLM nas tradicionais rotas internacionais.

    Questionado sobre a falta de planos para a aquisição de aeronaves widebody para voos diretos entre Brasil e Europa/Estados Unidos, Bernardes retrucou: “nós temos widebodies, temos as melhores configurações de Boeing 767 e Airbus 330 do mercado com a Delta e a Air France-KLM”, disse apontando para os diretores da Delta, Luiz Teixeira, e Air France-KLM, Jean-Marc Pouchol, ali presentes.

    Por mais de uma vez, Bernardes se esforçou para mostrar que não há interesse por parte da Gol de entrar em mercados abastecidos por grande oferta – muito menos os já contemplados pelas parceiras acima citadas.

    Por isso, ganha força os rumores de que os voos para Orlando e Miami sairão de Fortaleza e Brasília. O primeiro, novo hub nacional da Gol e em breve abastecido por voos Air France e KLM, está praticamente confirmado. A viabilidade da capital federal, no entanto, ainda é estudada, mas sua oficialização deverá ocorrer nas próximas semanas.

    Booking.com

    Deixe uma resposta