Expansão da zona euro continua sólida, apesar da volatilidade da taxa de câmbio

A expansão económica da zona euro continua a ser sólida, apesar da volatilidade da taxa de câmbio criar incerteza devido às implicações na estabilidade dos preços.

0
119

A expansão económica da zona euro continua a ser sólida, apesar da volatilidade da taxa de câmbio criar incerteza devido às implicações na estabilidade dos preços, indica o boletim económico mensal do Banco Central Europeu (BCE) divulgado esta quinta-feira.

O boletim sublinha que o conselho de governadores constatou numa reunião de 7 de setembro que a atual expansão económica proporciona confiança em que a inflação vai evoluir para níveis em linha com o objetivo da entidade, ligeiramente abaixo dos 2%.

Contudo, o boletim refere que o crescimento ainda tem de traduzir-se numa dinâmica inflacionista mais forte.

“A expansão económica, que acelerou mais do que o esperado no primeiro semestre de 2017 continua a ser sólida e amplamente sustentada nos diversos países e setores”, indica o boletim.

Mas adianta que, ao mesmo tempo, a recente volatilidade na taxa de câmbio do euro “representa uma fonte de incerteza que requer monitorização em relação com as possíveis implicações para a perspetiva a médio prazo da estabilidade dos preços”.

O BCE sublinha que a inflação subjacente cresceu ligeiramente nos meses recentes mas permanece em geral em níveis baixos.

“Ainda é preciso um grau muito elevado de acomodação da política monetária para exercer gradualmente pressão sobre a inflação subjacente e apoiar a evolução da inflação conjunta a médio prazo”, afirma.

Por isso, o BCE mantém a sua orientação de política monetária e – tal como sublinhou o presidente da instituição, Mario Draghi, em 7 de setembro – decidirá no outono uma eventual alteração da mesma “mais para o fim do ano”.

Booking.com

Deixe uma resposta