Estação de São Bento vai ter mercado Time Out, hostel e Starbucks

0
541

O edifício, classificado como Imóvel de Interesse Público, prepara-se para atrair ainda mais visitantes. O primeiro café Starbucks do Porto também pode abrir ali nos próximos meses.

A Estação de São Bento vai ter um hostel até ao final do ano. Pelo menos é o que diz a empresa pública Infraestruturas de Portugal, proprietária da histórica estação portuense. As obras estão “quase concluídas” e preveem a instalação do primeiro café Starbucks da cidade do Porto. No segundo semestre de 2017, o grupo Time Out afirma que vai abrir ali um mercado semelhante ao que já tem em Lisboa, no Mercado da Ribeira. No entanto, a Câmara Municipal do Porto reagiu dizendo, em comunicado, queainda não entrou na autarquia qualquer pedido de licenciamento.

O anúncio das novidades foi feito na quarta-feira, dia em que secomemorou o 100.º aniversário da inauguração da estação ferroviária, desenhada pelo arquiteto José Marques da Silva. A cerimónia do centenário da Estação de São Bento contou com a presença do ministro do Planeamento e das Infraestruturas, Pedro Marques, do presidente da Câmara do Porto, Rui Moreira, e do presidente do Conselho de Administração Executivo da Infraestruturas de Portugal, António Laranjo. No entanto, Rui Moreira escreveu esta quinta-feira, na sua página de Facebook, em reação às notícias sobre os novos negócios:

À Câmara do Porto não chegou nenhum pedido de licenciamento. Mas, antes disso, um projeto deste género terá que ser aprovado pela Direção Geral da Cultura, já que se trata de um monumento.”

O Observador tentou confirmar com a Direção-Geral do Património Cultural se já existe algum parecer, mas não conseguiu obter resposta. De acordo com o grupo Time Out, que dá o projeto como certo, o mercado terá 2.200 metros quadrados, com 15 restaurantes, quatro bares, quatro lojas, uma cafetaria e uma galeria de arte. “Tudo alicerçado em negócios locais”, garantiu em comunicado o grupo, que detém as revistas Time Out Lisboa e Time Out Porto. De acordo com a planta, o amplo espaço ficará do lado da Rua do Loureiro.

zona-novas-bancas-creditos-davidclifford-4

Em 2014, o grupo inaugurou o Mercado da Ribeira em Lisboa, que também organiza, ocasionalmente, espetáculos culturais. No Porto, o mercado deverá ter 500 lugares sentados para os potenciais clientes. E são muitos: todos os meses, cerca de um milhão de passageiros utiliza esta estação, que é também muito visitada pelos turistas que querem admirar os painéis de azulejos da autoria de Jorge Colaço (1868-1942).

De acordo com o plano de dinamização da empresa pública Infraestruturas de Portugal, a unidade hoteleira que deverá abrir em dezembro deste ano chama-se inStation Hostel & Student Residence e fica do lado da Rua da Madeira, junto ao café Jeronymo, do grupo Jerónimo Martins, aberto desde setembro.

O plano, que inclui também uma requalificação das bilheteiras da estação, prevê a criação de 500 novos postos de trabalho diretos e a duplicação da receita obtida em 2015. No início do ano, a empresa tinhagarantido também uma reformulação das instalações sanitárias existentes, “garantindo melhores condições de utilização da estação”.

sao-bento-plano
A cor roxa está o café Jeronymo, aberto desde setembro. Ao lado, a laranja, fica o futuro hostel. Do lado oposto, o espaço verde escuro simboliza o futuro Starbucks. A verde claro está a bilheteira da CP. Ao lado, a castanho claro, ficará o Mercado Time Out.

Notícia atualizada com o esclarecimento da Câmara Municipal do Porto.

Fonte: observador.pt

 

Booking.com

Deixe uma resposta