EMBRATUR Acredita em turismo como política de Estado

0
295
Debatedores convidados da audiência na Comissão de Turismo da Câmara dos Deputados

Audiência na Câmara dos Deputados abordou como tema central Parques Temáticos e potencial turístico do País

Em debate na Comissão de Turismo da Câmara dos Deputados, o presidente da Embratur (Instituto Brasileiro de Turismo), Vinicius Lummertz, pregou uma união entre o Executivo e o Legislativo em torno da ideia de tratar o turismo como uma política de estado. A proposta é gerar um ambiente de desenvolvimento do setor capaz de trazer mais estrangeiros para o Brasil e, principalmente, gerar mais empregos e renda no País.

“Numa democracia, a estabilidade política depende da geração e manutenção de empregos. A maneira de se alcançar mais rapidamente esse estágio é investir no turismo”, comentou Lummertz para os deputados e convidados que participavam da audiência pública sobre parques temáticos. O presidente da Embratur disse ainda que essa união entre governo e Legislativo deve avançar para eliminar gargalos e motivar mais investimentos em segmentos como o dos parques temáticos.

A alta carga tributária na importação de equipamentos e a legislação vigente são alguns desses entraves apontados por Lummertz. O presidente do Sindepat (Sistema Integrado de Parques Temáticos e Atrações Turísticas), Alan Baldaacci, foi na mesma linha. “Temos altos encargos trabalhistas, o Congresso precisa aprovar a lei relativa ao trabalho intermitente, por exemplo”, comentou o dirigente.

Por sua vez, o deputado Herculano Passos, presidente da comissão, garantiu que os deputados estão atentos e vão continuar trabalhando para atender às demandas do setor turístico: “Estaremos juntos com a Embratur e o Ministério para que esse apoio resulte numa tomada de decisão do governo central em relação à adoção de uma política voltada para o turismo como fonte geradora de emprego e desenvolvimento”.

O Brasil precisa consolidar leis de fomento, programas de incentivo e profissionalização, defendeu o secretário executivo do Ministério do Turismo, Alberto Alves. “Na área de parques temáticos, somos referência internacional. Os parques ligados ao Sindepat recebem 17 milhões de visitantes ao ano e, somente em 2015, faturaram R$ 1 bilhão”, comentou. Também participaram do debate a presidente da Empresa Estadual de Turismo do Amazonas, Oreni Braga, e o diretor do Beach Park, Murilo Pascoal.

fonte: ASCOM

Booking.com

Deixe uma resposta