Da caatinga ao pantanal, Brasil tem diferentes paisagens para serem exploradas

Cenário se transforma em cada região do país, que possui diferentes biomas por causa de sua extensão.

0
552

Brasil possui diferentes biomas e por isso paisagens que se transformam radicalmente em cada região. Os biomas existentes são a Amazônia, o Cerrado, a Mata Atlântica, a Caatinga, os Pampas Gaúchos e o Pantanal Matogrossence.

Em cada um desses biomas, é possível visitar e explorar o que a natureza oferece. Veja abaixo os biomas nacionais e suas principais características.

Da caatinga ao pantanal, Brasil tem diferentes paisagens para serem exploradas

Da caatinga ao pantanal, Brasil tem diferentes paisagens para serem exploradas

Amazônia: Considerado o maior Bioma brasileiro e a maior reserva de diversidade biológica do mundo, corresponde a quase metade do território nacional. Abrange os estados brasileiros: Acre, Amapá, Amazonas, Pará, Roraima; parte de Rondônia, Mato Grosso, Maranhão e Tocantins. O clima é quente e úmido e a vegetação fechada com árvores de grande porte.

  Imagem aérea do Rio Juruá, na Amazônia (Foto: Bruno Kelly/Reuters)

Imagem aérea do Rio Juruá, na Amazônia (Foto: Bruno Kelly/Reuters)

Cerrado: O segundo maior bioma do Brasil abrange os estados: Maranhão, Distrito Federal, Goiás, Mato Grosso do Sul, Minas Gerais e Tocantins. O clima no cerrado é tropical sazonal e sua vegetação caracterizada por árvores de de troncos retorcidos, gramíneas e arbustos.

Cerrado  (Foto: Clóvis Cruvinel/Divulgação)

Cerrado (Foto: Clóvis Cruvinel/Divulgação)

Caatinga: Ocupa grande parte da região nordeste do país e abrange os estados: Ceará, Bahia, Paraíba, Pernambuco, Piauí, Rio Grande do Norte, Alagoas e Sergipe. Há presença desse tipo de bioma em pequenas partes do Maranhão e de Minas Gerais. Típico do clima semi-árido localizado no sertão nordestino, a caatinga apresenta uma vegetação arbustiva de médio porte, com galhos retorcidos e presença de cactus.

Cenário da caatinga (Foto: Sidney Gouveia, Semarh)

Cenário da caatinga (Foto: Sidney Gouveia, Semarh)

Mata Atlântica: Ocupa a faixa litorânea de norte à sul do país, a qual engloba a totalidade de três estados brasileiros: Espírito Santo, Rio de Janeiro e Santa Catarina; grande parte do Paraná e pequenas porções de onze estados. O clima é Tropical-úmido com altas temperaturas e índice pluviométrico. A vegetação nesse bioma é marcada pela presença de árvores de grande e médio-porte formando uma floresta densa e fechada.

Mata Atlântica (Foto: rede globo)

Mata Atlântica (Foto: rede globo)

Pantanal: Considerado o de menor extensão territorial do país, abrange dois estados brasileiros, a saber: Mato Grosso e Mato Grosso do Sul. O clima predominante é tropical continental com altas temperaturas e chuvas, de verão chuvoso e inverno seco. A vegetação do pantanal é marcada pelas gramíneas, árvores de médio porte, plantas rasteiras e arbustos. O nome desse bioma remete às regiões alagadiças presentes, ou seja, os pântanos.

Pantanal  (Foto: Alexandre Sá/TG)

Pantanal (Foto: Alexandre Sá/TG)

Pampa: É o único bioma presente somente num único estado, ocupa mais da metade do território do Rio Grande do Sul. O clima é subtropical com as quatro estações do ano bem definidas e sua vegetação é marcada pela presença de gramíneas, arbustos e árvores de pequeno porte. Além disso, esse bioma é constituído de grandes áreas de pastagens que se desenvolvem grandes rebanhos.

Pampa (Foto: Reprodução/RBS TV)

Pampa (Foto: Reprodução/RBS TV)

Booking.com

Deixe uma resposta