Como definir a estratégia empresarial do seu negócio

Ao definir a estratégia empresarial do seu negócio, é preciso analisar alguns pontos fundamentais tais como, pontos fortes e fracos, oportunidades e ameaças.

0
481
Business connectivity

Como já abordado anteriormente no artigo “Planejamento Estratégico”, é importante, traçar um plano estratégico seja para um novo negócio ou, para uma empresa já existente.

O planejamento estratégico, visa orientar os negócios e produtos da empresa, definir estratégias e objetivos de modo que gere lucros e crescimento satisfatórios.

Para definir qual estratégia empresarial será aplicada, é preciso que seja feita uma análise externa observando as oportunidades e ameaças, e uma análise interna, onde é possível observar os pontos fracos e fortes da empresa. Tal análise proporciona ao negócio uma visão mais clara e ampla do mercado. Essa visão faz com que a empresa esteja a um passo a frente de futuras decisões.

Para traçar um plano estratégico, são utilizadas diversas ferramentas que visão auxiliar o gestor, a buscar uma melhor alternativa para o seu negócio. Uma das ferramentas que podem ser utilizadas, é a análise SWOT – Strenghts, Weaknesses, Opportunities e Threats. Ela detecta quais são os pontos fracos e fortes, as ameaças e oportunidades da organização.

O objetivo de realizar a análise SWOT, é identificar os pontos-chave da organização, criando assim, uma espécie de histórico, sendo possível definir uma postura e visão da organização a fim de resolver ou melhorar possíveis problemas que ela possa vir a enfrentar.

A força, componente interno da organização, descreve quais são as competências mais fortes da organização, aquelas que podem ajudar no seu desenvolvimento ou vantagem perante a concorrência. Um modo de identificar os pontos fortes de uma organização, é observar o que a empresa tem de bom a oferecer aos seus clientes, quais são as vantagens que ela possui perante os seus concorrente e o que pode fidelizar o cliente por exemplo.

A fraqueza, também componente interno da organização, é tudo aquilo que atrapalha o seu desenvolvimento. A fraqueza aparece em competências que não geram vantagem competitiva ou por exemplo, na falta de capacitação dos colaboradores. As fraquezas devem ser analisadas e estudadas e quanto antes revertidas em forças, melhor para a organização.

Já as oportunidades, fazem parte do ambiente externo da organização. São forças que ajudam e influenciam de maneira positiva, porém, não se tem controle sobre elas como, como por exemplo, controle sobre o clima, mudanças na política pública entre outras.

Por último, temos as ameaças que também fazem parte do ambiente interno da organização, elas podem atrapalhar o andamento da organização e sendo basicamente o contrário das oportunidades. As ameaças devem ser monitoradas constantemente, pelo fato de que elas podem colocar o negócio em risco. Exemplos dessas ameaças são o aumento de taxa de juros, o corte de financiamento bancário para uma determinada linha como o de imóveis, ou o aumento do dólar para uma empresa que importam produtos.

Em todo o negócio, seja ele novo ou já inserido no mercado, é necessário fazer uma análise do mercado e identificar quais são esses pontos fortes e fracos, as ameaças e oportunidades, que podem ajudar ou atrapalhar na construção de um bom desempenho da organização.

 

Booking.com

Deixe uma resposta