Brasil é 45º lugar entre 47 países em ranking de crescimento

Os primeiros lugares são Romênia (8,8%), Filipinas (6,9%) e China (6,8%), com a média geral em 3,5%, segundo Austin Ratings

0
185

São Paulo – O Brasil teve o terceiro pior resultado de crescimento trimestral entre 47 países monitorados pela Austin Ratings que respondem por 85,5% do PIB mundial.

Os números divulgados pelo IBGE nesta sexta-feira (01) mostram que a economia brasileira cresceu 1,4% no 3º trimestre em relação ao mesmo período do ano passado.

Só ficamos melhores do que Dinamarca e Suécia, que tem 1,3% e 1,2% na mesma medida, respectivamente.

Os primeiros lugares são Romênia (8,8%), Filipinas (6,9%) e China (6,8%), com a média geral em 3,5%.

A taxa de crescimento do 3º trimestre em relação ao 2º foi dessazonalizada e anualizada, o que transformou os 0,1% brasileiros em 0,6%.

O resultado é melhor apenas que a do México (-1,2%) e fica logo atrás da Ucrânia com 0,8%.

Apesar de mais baixo do que o esperado, o número brasileiro foi sobre uma base mais alta, já que os números do primeiro semestre foram revisados para cima pelo IBGE.

“A melhora contínua nos resultados, ainda que de forma moderada, reforça que, definitivamente, o Brasil saiu do fundo do poço. Porém, essas melhoras não foram suficientes para tirar o país das últimas colocações do ranking”, diz o relatório da Austin.

As fontes utilizadas para fazer o levantamento foram a Austin Ratings, IBGE, Bancos Centrais, Eurostat, OECD, FMI e Banco Mundial.

As estimativas para o crescimento brasileiro em 2017 e 2018 são do último Boletim Focus do Banco Central, que expressam a média do mercado.

Veja a tabela completa:

RANKING PAÍS 3º T17 / 3º T16 3º T17 / 2º T17 2017 Proj. 2018 Proj.
Romênia 8,80% 10,80% 4,80% 4,20%
Filipinas 6,90% 5,30% 6,60% 5,70%
China 6,80% 7% 6,80% 6,40%
Índia 6,30% n.d. 7,20% 7,70%
Malásia 6,20% 7,40% 5,50% 5,10%
Letônia 5,80% 6,20% 4,90% 3,40%
Cingapura 1,00% 8,80% 2,90% 2,10%
Indonésia 5,10% 13,30% 5,10% 5,30%
Turquia 5,10% 8,70% 5,00% 3,50%
10º República Tcheca 5,00% 2% 4,20% 3,60%
11º Polônia 4,90% 4,90% 4,60% 3,40%
12º Eslovênia 4,50% 4,10% 4,50% 3,20%
13º Tailândia 4,30% 4,10% 3,50% 3,10%
14º Estônia 4,20% 1,20% 4,40% 3,40%
15º Bulgária 3,90% 3,60% 3,90% 3,40%
16º Chipre 3,80% 3,60% 3,30% 2,70%
17º Finlândia 3,60% 4,50% 2,80% 2,10%
18º Coreia do Sul 3,60% 5,80% 2,90% 2,80%
19º Hong Kong 3,60% 2,00% 3,10% 2,10%
20º Hungria 3,60% 3,20% 3,80% 3,40%
21º Croácia 3,30% 3,60% 3,00% 2,70%
22º Eslováquia 3,30% 3,20% 3,20% 3,40%
23º Áustria 3,20% 3,60% 2,50% 2,20%
24º Noruega 3,20% 2,80% 2,10% 2,50%
25º Espanha 3,10% 3,20% 3,10% 2,70%
26º Lituânia 3,10% 0,40% 3,50% 2,50%
27º Taiwan 3,10% 6,80% 2,50% 1,50%
28º Holanda 3,00% 1,80% 2,90% 2,10%
29º Israel 2,90% 4,10% 3,60% 4,00%
30º Suécia 2,90% 3,10% 3,10% 2,70%
31º Alemanha 2,80% 3,30% 2,20% 2,00%
32º Peru 2,50% 1,20% 2,60% 3,90%
33º Portugal 2,50% 2,00% 2,60% 1,70%
34º Estados Unidos 2,30% 3,30% 2,20% 2,40%
35º Chile 2,20% 6,10% 1,40% 2,90%
36º França 2,20% 2,20% 1,70% 1,80%
37º Ucrânia 2,10% 0,80% 2,10% 1,30%
38º Colômbia 2,00% 3,20% 1,70% 2,50%
39º Itália 1,80% 1,90% 1,50% 1,30%
40º Rússia 1,80% n.d. 1,80% 2,00%
41º Bélgica 1,70% 1,20% 1,70% 1,70%
42º Japão 1,70% 1,40% 1,50% 1,30%
43º México 1,50% -1,20% 2,10% 2,10%
44º Reino Unido 1,50% 1,60% 1,50% 1,30%
45º Brasil 1,40% 0,60% 0,73% 2,58%
46º Dinamarca 1,30% -2,40% 2,40% 2,00%
47º Suíça 1,20% 2,40% 0,80% 1,60%
GERAL – MÉDIA 3,50% 3,80% 3,20% 2,90%
BRICS – MÉDIA 4,10% 6,50% 4,10% 3,70%
EURO ÁREA 2,50% 2,50% 2,10% 1,90%
PIIGS – MÉDIA 2,50% 2,40% 2,40% 1,90%
MUNDO 3,60% 3,70%

 

Booking.com

Deixe uma resposta